às 12:41:00

Alunos de farmácia realizam oficina de design thinking: “O curso que eu quero ter”

Oficina com estratégias para serem desenvolvidas no curso

A oficina “O curso que eu quero ter” foi uma ideia criada com o propósito de buscar parceria dos acadêmicos de farmácia para o desenvolvimento de estratégias que poderiam ser desenvolvidas no ano de 2021 no curso. Neste evento, os alunos puderam compartilhar as suas experiências e clamar por novos projetos que trariam benefícios ao curso. Para isso, todos os problemas deveriam ser elencados e, por este motivo, a estratégia Design Thinking pareceu adequar-se à construção do plano de ação dos acadêmicos. Nesta estratégia buscou-se primeiro uma imersão na realidade do acadêmico, um momento de ideação para resolução de problemas e a prototipagem de um plano de ação a ser desenvolvido. Este evento foi desenvolvido como um projeto de extensão e contou com a colaboração da COPPEXi.

O incentivo e liberdade de fala, permitiu identificar dificuldades em todas as áreas do curso. Um planilha foi criada para que todos pudessem acompanhar as estratégias desenvolvidas e as novas estratégias desenvolvidas para sanar estas dificuldades passaram a ser enviadas mensalmente aos alunos, em grupo do WhatsApp, de modo que os alunos possam acompanhar e sugerir novas estratégias. O evento contou com a participação de 13 acadêmicos do curso de farmácia e do, então, coordenador Paulo Henrique Santos Andrade. Os acadêmicos representavam vários períodos do curso.


Fonte: