às 09:15:00

"Direitos da pessoa com deficiência", esse foi tema abordado em mesa redonda de inclusão

Dificuldades vivenciadas no dia a dia pelas pessoas com deficiência

Acadêmicos do Curso de Direito do UNITPAC, realizam Mesa Redonda com o tema: direitos da pessoa com deficiência: temos que falar sobre inclusão.

O Evento está inserido nas temáticas abordadas na disciplina de Projeto Integrador II, com a condução da profa Priscila Araújo Fraga Castro. Neste semestre a turma foi desafiada a trabalhar com grupos vulneráveis, levantando questões sobre Direitos Humanos.

Uma das equipes desenvolveu no dia 04/11/2020 às 19 horas uma Mesa Redonda voltada à discussão do Direito das Pessoas com Deficiência e contou com a participação de mais de 200 acadêmicos do UNITPAC e de outras unidades da Afya Educacional e foi transmitido ao vivo pelo canal do YouTube,

local onde houve interação com os debatedores.

Como debatedores do evento, tivemos a ilustre presença do Edu Alves que é digital influencie, militante pela inclusão e acessibilidade para pessoas com deficiência física, Dr Pablo Mendonça Chaer, Defensor Público e Coordenador do Núcleo de Minorias da Defensoria Pública de Araguaína e Marques Alex Silva Carvalho, Advogado com inscrição na OAB/TO e atual presidente da Associação das pessoas com deficiência de Araguaína (ADA).

Juntos fizeram da oportunidade um espaço fantástico de discussão, levando para os participantes um pouco das dificuldades vivenciadas no dia a dia pelas pessoas com deficiência, bem como a necessidade de cada cidadão lutar pela inclusão e acessibilidade.

A acessibilidade é um direito de todos, uma conquista social estabelecida pela Constituição Federal, mas a questão há ainda muito a ser concretizado. Acadêmica Tayla Martins Lima, participante da equipe que organizou o evento pontuou a experiência da seguinte forma: “A experiência de organizar uma mesa redonda é de suma responsabilidade, deu um pouco de trabalho, mas superou nossas expectativas. Valeu a pena! Porque é um tema que precisa ser discutido diariamente, pois, estamos falando das dificuldades que as pessoas com deficiência passam todos os dias, sendo que a independência e inclusão social é um direito delas. É um sentimento que não se explica, por conhecer pessoas que realmente se importam, bem como os palestrantes e pessoas que se comunicavam através do chat. Como ser humano, vou ter empatia por essas pessoas, e como estudante de direito, vou lutar para que seus direitos não fiquem apenas no papel”.

A mesa redonda está disponível para ser assistida no link: https://www.youtube.com/watch?v=BY1ISBk334Q.


Fonte: