às 08:45:00

Qual a importância de uma publicação científica?

A buscar do saber nunca foi tão importante

No mundo contemporâneo, período em que estamos vivendo a busca do saber nunca foi tão importante, pois além de nos proporcionar inovações tecnológicas nos propicia desenvolvimento social e menor dependência de importação de conhecimentos. Segundo Nogueira (2011), a publicação de um artigo científico ou técnico é uma forma de transmitir à comunidade técnico-científica o conhecimento de novas descobertas, e o desenvolvimento de novos materiais, técnicas e métodos de análise nas diversas áreas da ciência.

Sem perder o fio da meada, vivemos o acelerado ritmo de geração de novos conhecimentos, tecnologias e facilidade de socialização destas produções, principalmente, pelo avanço dos sistemas de informações e comunicações. Isto propicia melhor domínio do estado da arte em abrangência, profundidade e especificidade, bem como, maior rapidez e alcance de maior número de pessoas na socialização dos conhecimentos e saberes que produzimos e valorização das referências mais atuais.

No contexto acadêmico, o grande desafio da educação é formar docentes que propiciam a formação plena do aluno como profissional que domina as bases técnico-científicas de sua área de atuação e que realmente alcança o perfil desejado da formação acadêmica ou universitária. Profissionais capazes de ler a realidade e construir novas práticas apoiando-se em conhecimentos e tecnologias já existentes e exercitando o processo de avançar, implementando novas práticas, continuamente, (Erdmann, 2016). Assim, redigir um artigo técnico lhe trará uma boa experiência profissional, e contribuirá para enriquecer o seu currículo, aumentando assim suas chances de obter uma melhor colocação no mercado de trabalho.

 

Publicações do autor:

Em 2019, como fruto de vários anos de pesquisa, tive a oportunidade de publicar alguns artigos em parceria com a Universidade Federal de Lavras (UFLA), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Embrapa, Vale, Clemson University, Washington State University e Florida University em periódicos classificados como Qualis A1 e A2 pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Os artigos “Methods for selecting peach cultivars in the tropics” e “Duration of the phenological stages of peach trees at tropics” foram publicados na Scienthia Horticulturae (JCR = 1,961); “Native leguminous plants for mineland revegetation in the eastern Amazon: seed characteristics and germination” na New Forest (JCR = 1,598); “Influence of Temperature on the Development of Peach Fruit in a Subtropical Climate Region” na Agronomy (JCR = 1,419); “Multivariate Analysis and Selection Indices to Identify Superior Quince Cultivars for Cultivation in the Tropics” e “Leaf Anatomy of Apple Trees during Seasonal Periods under Subtropical Conditions” na Hortscience (JCR = 0,906); “ Visual symptoms and nutritional deficiencies in olive plants subjected to nutrient deprivation” e “Advances in the production of temperate fruits in the tropics” na Acta Scientiarum-Agronomy (JCR = 0,842).

Filipe Bittencourt Machado de Souza
Currículo Lattes: lattes.cnpq.br/2122289035893459
International Curriculum: researchgate.net/profile/Filipe_Souza
@filipevicosa

Fonte: